Ontem senti passar o testemunho

Ontem esticamos o jantar
percorremos o serão com memórias
passamos testemunhos com cheiros das viagens da infância
a dos meus pequeninos agora com voz de grandes
dos que já falam em passado,
em memória na voz do meu mais velho feito homem
Ontem filho, ocupavas já o lugar que vais ganhando
o vi que o mano caçula te ouvia e bebia os teus saberes
Obrigada meu filho.
Ontem senti passar o testemunho

2 comentários:

Adolfo Payés disse...

Después de mi ausencia es estupendo volver a leerte...

Un gusto disfrutar de tus letras.

Un abrazo
Saludos fraternos..

Maria disse...

É este afinal o caminho natural da vida. Andar na estrada e passar o testemunho a quem nos segue no Tempo.

Um beijo.