estrelas do mar

em visita, entrei na ondulação do sete mares e dou com o semeador de estrelas. em simbiose perfeita fundem-se e mescla-se, a arte no mural, com a sombra nocturna da estátua do semeador numa visão magistral em que este cumpre a sua tarefa. faz-me assim viajar até à visão desperta pela frase duma pequenina de três ou quatro anos de idade. A miúda que me tira da dormencia das enfadonhas viagens de rotina e me faz olhar através da escotilha. mãe olha tantas estrelas!!!... dou então por mim a contemplar um milhão de estrelas a brincar sobre o azul límpido do mar. apercebi-me que nunca tinha visto antes estrelas de dia. fazia aquele trajecto há pelo menos três décadas e nunca as tinha visto. julgo que nunca mais deixei de as contemplar. agora já não me bastam as dos céus da noite.

1 comentário:

Sandra disse...

Olá Elsinha,
Também tu és uma estrela.
Continua a brilhar!